11 dicas para camping na chuva

Curso Online - Caminho de Santiago de CompostelaPowered by Rock Convert

Sair para acampar é uma das atividades que muitos gostam de fazer nesta época do ano, aproveitando os dias de descanso do fim do ano. Porém, em boa parte do Brasil, o período é de chuvas. Muitos pensam: e agora, como fazer camping na chuva? Não é uma situação impossível, mas algumas precauções têm que ser tomadas, para que o passeio seja aproveitado ao máximo.

Abaixo daremos algumas dicas de como aproveitar e fazer do seu camping na chuva algo positivo.

1- Acerte na escolha da barraca

Se tem algo que não pode faltar em um acampamento, é uma boa barraca que aguente a água.

No momento de comprar uma barraca, escolha uma que suporte uma coluna de água maior que 1.000 mm. Quanto maior a coluna de água, mais resistente à chuva a sua barraca será.

É importante que as costuras existentes na barraca sejam seladas, evitando que a água passe por estas costuras. Você também pode comprar seladores caso as costuras de sua barraca não seja selada, ou queira reforçar as já existentes.

Escolha uma barraca em que o sobreteto cubra totalmente o teto (a parte de cima do dormitório).

avanço também é útil. Ele aumenta a área externa, onde se pode deixar alguns itens como calçados (lembre-se sempre de conferi-los por dentro antes de calçá-los).

A última ressalva é comprar uma barraca com o maior número de espeques (componente que fixará e prenderá a barraca). Isso ajudará o teto e o sobreteto a ficarem esticados o suficiente para a água não passar e molhar você e suas coisas.

2- Colocando a barraca no local ideal

Depois de fazer tudo citado acima, deve-se saber o local correto para montar a barraca. O local errado pode lhe trazer vários problemas e sérios riscos.

  • Rios e cachoeiras

Não monte a barraca próxima a rios ou cachoeiras. Se chuvas inesperadas caírem em uma parte mais acima do rio, a famosa tromba d’água (cabeça d’água) pode acontecer. (Veja vídeo sobre o resultado de uma tromba d’água). Sempre procure locais mais distantes das margens e, de preferência, mais altos.

  • Terrenos baixos

Ainda que longe de rios, em terrenos baixos há a possibilidade de alagar e formar grandes poças com as chuvas. Se distanciar das encostas também é importante, pois a água poderá infiltrar-se pela barraca.

  • Mar

No caso do mar, se acampar próximo à água, deve-se levar em consideração as marés e as ressacas, podendo, em questão de poucos minutos, você ser carregado junto com a sua barraca para dentro do mar.

  • Árvores

sombra das árvores também merece atenção. Buscando fugir do sol, muitos se esquecem de olhar atentamente se tem algum galho de porte médio/grande com potencial de queda. Existem frutas grandes, como a jaca, que podem também cair e causar um estrago, tanto na barraca como nos que estão dentro dela. Nunca monte a barraca embaixo destas árvores.

3- Montando a barraca da forma certa

Comprar aquela barraca linda e maravilhosa e não saber montar, de nada adianta. O correto é usar tudo o que vem disponível no pacote. Os espeques devem ser afixados não deixando nunca o teto encostar-se ao sobreteto.

Outro detalhe que muitos esquecem é de sempre usar as cordinhas que vêm na embalagem da barraca. Elas não são enfeites e tem que ser usadas para esticar mais o sobreteto, tirando o risco de molhar a parte interna.

4- Outras maneiras de proteger a barraca

Se for acampar em um local que não necessite de longas caminhadas, considere usar uma lona. Ela deve ter um tamanho suficiente para cobrir a barraca. Se preferir, use uma lona ainda maior para criar um espaço de convivência. Este espaço pode ser usado também para se cozinhar já que não se deve cozinhar dentro da barraca para evitar acidentes com o fogo e não atrair insetos. Fique atento para que estas lonas tenham pontas reforçadas com ilhoses. Ela deve estar muito bem esticada, mantendo pequena angulação do meio para as pontas, para não acumular água.

Gazebos podem proteger a sua barraca e também criar um ambiente maior para convivência. Olhe se o material é resistente o suficiente. Além disso, lembre de amarrá-lo bem em caso de ventos fortes e chuva com muita intensidade.

Para se colocar no chão embaixo da barraca, pode-se usar uma lona ou um footprint. Cuide para ela não ultrapassar o tamanho da barraca pois pode haver captação de água infiltrando-a.

5- O que mais devo levar?

  • Sacos de plástico e sacos estanque

Essenciais para se ter em um camping na chuva. Eles protegem o que não pode molhar, como roupas, sacos de dormir e equipamentos eletrônicos como celulares, câmeras fotográficas, etc.

  • Anoraks e as capas de chuva

Muitos se enganam ao achar que a hipotermia se restringe somente a exposição a ambientes com neve e temperaturas negativas. Se a pessoa molha toda a sua roupa e passa algum tempo com ela, a temperatura corporal pode abaixar, levando-o para o estado hipotérmico. Por isso a importância de se proteger ao ficar exposto à chuva.

  • Cobertor de emergência

Importante para evitar a hipotermia. O correto é tirar toda a roupa molhada e colocar roupas secas e, por cima, o cobertor. Essa atitude deve ser tomada no camping mas, em caso de apresentar sintomas de hipotermia em alguém, leve-o para um hospital mais próximo com urgência.

  • Kit de fogo

É um item muito importante, especialmente para quem dependerá de fogueira ao invés de fogareiros. Com o tempo úmido, a lenha e tudo mais que você irá usar estará molhado. Usar fósforos muitas vezes não é uma opção pois sua chama é pequena, tem pouco calor e tem curta duração. Isqueiro é melhor, mas ainda assim não funciona se estiver molhado. Além deles, você pode ter em seu kit de fogo itens como pederneiras, tecido carbonizado e algodão parafinado que garantem uma chama intensa, quente e duradoura para você acender seu fogo mais rapidamente. Pederneiras produzem faíscas mesmo molhadas. (Clique aqui para saber como fazer tecido carbonizado).

Mais algumas dicas para seu camping na chuva

6- Um dos aspectos positivos da chuva é poder captar a água. Uma forma de fazer isso é colocando uma garrafa de água ou panelas para ir captando a água que cai. Mesmo parecendo ser uma água limpa, o ideal é sempre filtrar e/ou purificar esta água (Veja o vídeo sobre os purificadores químicos de água e o mini filtro sawyer).

7- Certifique-se de armazenar sempre lenha seca em local protegido da chuva. Quando você for precisar usar, para fazer fogueira para aquecer ou cozinhar, você poderá conseguir obter fogo com certa facilidade.

8- Se no local do acampamento tiverem rochas, todo cuidado é pouco após elas estarem molhadas. As rochas úmidas podem se tornar escorregadias, principalmente se houver musgos em sua superfície. Para diminuir as suas chances de quedas e lesões, use as botas com proteção no tornozelo e com solas apropriadas para locais escorregadios. (Confira nosso vídeo sobre botas de trekking). Sempre certifique-se que não irá escorregar e machucar, atrapalhando a sua diversão.

9- Alguns objetos podem se danificar com a umidade excessiva do ar. Sempre que tiver objetos deste tipo em seu camping, use desumidificadores. Podem ser pacotes de sílica gel ou potes desumidificadores vendidos em supermercado. O ideal é colocar os objetos e o desumidificador dentro de um saco estanque de forma que o ar dentro dele fique seco e conserve seus objetos. Na falta de um saco estanque você pode usar um saco plástico desde que certifique-se de vedá-lo bem. Obs.: Esta é uma medida paliativa para conservar estes objetos que não podem com a umidade. O ar dentro do saco estanque pode se tornar excessivamente seco e isso também pode ser prejudicial para alguns objetos. Faça isso apenas como um último recurso de salvá-los.

Finalizando

10- No mais, assegure-se de chegar de viagem em sua casa e colocar toda esta roupa e equipamentos para secar (alguns se deve lavar antes). A não secagem de forma completa pode gerar mofo e danificar o tecido de suas roupas e equipamentos e gerar ferrugem em algumas estruturas.

11- Seja prevenido sempre. Você nunca saberá se fará um camping na chuva ou não, mesmo que o tempo esteja claro. Sendo assim, leve sempre os itens mais importantes para você caso tenha que enfrentar uma tempestade.

4 comentários em “11 dicas para camping na chuva

Queremos saber a sua opinião sobre o nosso conteúdo!