A jangada que QUASE deu errado!

Powered by Rock Convert

Como bons aventureiros, gostamos de nos aventurar com coisas que fogem muitas vezes da aventura tradicional. Sempre que possível, buscamos praticar algumas técnicas de sobrevivência e bushcraft. Já faz um tempo que estamos empolgados com a construção de jangadas utilizando bambus e, recentemente, apareceu mais uma oportunidade de fazê-la. Saiba porquê esta foi a jangada que QUASE deu errado!

Em primeiro lugar, precisaríamos da matéria prima para a construção e nem sempre é uma missão tão fácil arrumar bambus, por mais que pareça ter em abundância por aí.

Matéria prima

Fomos para o mato já com a ideia fixa: precisamos arrumar bambu! Iniciamos a nossa jornada em busca dele e isso levou algum tempo. Pergunta um daqui, o outro acolá até chegarmos, através de indicação, na casa de uma família muito simples. De imediato fomos muito bem recebidos ao mesmo tempo que já nos permitiram coletar os bambus.

Quando chegamos no lugar onde pegaríamos a nossa matéria prima tão desejada, vimos que os bambus que haviam não eram da espessura que precisávamos para a construção da jangada. Neste momento tínhamos duas opções: ou não fazer a jangada ou fazê-la com o que a gente tinha disponível. Adivinha qual opção escolhemos! Rs.

A montagem

Depois de colocarmos os bambus no carro, partimos para o local onde afinal a montaríamos, na beira de um rio. Ainda que tivéssemos aquela sensação de “acho que esse trem não vai dar certo” (para mineiro TUDO é trem rs), iniciamos a montagem. Fizemos todas as amarrações e, assim que finalizadas, a colocamos na água. E não é que ela ficou bonita? Olhamos um para o outro e pensamos ” vamos colocar esse “trem” na água pra ver se boia. rs

A jangada que QUASE deu errado!

Da forma convencional de se navegar em uma jangada (sentado), percebemos que ela não flutuou da forma que deveria. Ela não afundou completamente mas ficou alguns centímetros abaixo da superfície da água. Porém, quando deitamos nela percebemos que ela ficou mais próxima da superfície da água. Física, baby! Rs. Por isso ela foi uma jangada que quase deu errado, mas acabou dando certo no final!

Se levarmos em consideração uma situação de sobrevivência, temos que nos virar com os materiais que temos disponíveis e não com o que gostaríamos de ter. Claro que, se se tem todo o material necessário, perfeito, mas se não houver, o importante é saber improvisar e fazer o máximo com o mínimo.

A jangada que QUASE deu errado!

Em breve voltaremos ao mato e procuraremos pelo tipo e espessura de bambu que queremos e faremos um vídeo mais completo sobre a construção de uma jangada!

Queremos saber a sua opinião sobre o nosso conteúdo!