Aranha Caranguejeira (Tarântula)

Powered by Rock Convert

Numa postagem recente em nosso blog, comentamos sobre um encontro com uma caranguejeira. A aranha caranguejeira (tarântula) é um animal relativamente comum e fácil de encontrar, mas isso não diminui nossa alegria sempre que encontramos uma!

Caranguejeira ou Tarântula?

Ambos os nomes, caranguejeira e tarântula são válidos e referem-se ao mesmo animal, um artrópode. O nome tarântula é usado normalmente na Europa e tem origem na cidade italiana de Tarento (ou, no nome latim, Taranto), local onde são abundantes e, por isso, facilmente encontradas. A cidade também originou o nome da famosa dança Tarantela, e curiosamente seu nome tem relação com o nome da aranha. Pensava-se que seu veneno era letal para seres humanos e que, inacreditavelmente, dançar salvaria sua vida através da eliminação do veneno pela transpiração.

Aranha Caranguejeira (Tarântula)
Aranha Caranguejeira (Tarântula)

Uma observação é sempre importante de se fazer quando falamos de aranhas: elas não são insetos! Os insetos são compostos por três pares de pernas e o corpo é dividido em três partes: cabeça, tórax e abdômen. As aranhas, assim como os escorpiões, ácaros e carrapatos são considerados aracnídeos. A diferença das aranhas para outros aracnídeos é que elas possuem cabeça e tórax separados do abdômen, além de quatro pares de patas. Todas elas são predadoras, se alimentando de pequenos animais, principalmente insetos como baratas, mosquitos, grilos, moscas e gafanhotos, podendo também se alimentar de cobras, sapos, rãs, pererecas e lagartos.

Existem diversas espécies de caranguejeiras e algumas são consideradas as maiores aranhas do mundo, chegando a 30 cm de envergadura. Elas costumam ter também diversas colorações. Elas podem ser encontradas na Ásia, África e América, sendo que o Brasil possui a maior quantidade de espécies de caranguejeiras do mundo. Essas aranhas têm hábitos terrestres e vivem em tocas no solo ou debaixo de pedras ou outras cavidades naturais. Existem também espécies arborícolas, ou seja, que habitam copas das árvores.

Defesa

As aranhas caranguejeiras, quando ameaçadas, esfregam as patas posteriores em minúsculos e abundantes pelinhos contidos no abdômen. Estes pelos podem causar irritação de pele nos seres humanos e, se aspirados, podem causar alergia. Esta pessoa, possuindo algum problema respiratório, como uma rinite, pode ter sérias complicações. Essas cerdas urticantes possuem tipos diferentes com graus diferentes de irritação. Enquanto alguns tipos dificilmente penetram na pele, outros podem alcançar uma profundidade de até 2 milímetros, contribuindo para o aparecimento de inflamações dermatológicas. Esses pelinhos, indo em contato direto com os olhos, podem causar grandes irritações. Em mamíferos de pequeno porte (como ratos e coelhos), a exposição às cerdas urticantes de um tipo específico de caranguejeira, pode até mesmo sufocá-los.

Ataque

Embora sua picada seja bastante dolorosa, seu veneno não é fatal para seres humanos. Apesar disto pode levar à morte alguns animais como insetos e pequenos invertebrados.  Existem espécies na Amazônia que podem até mesmo matar roedores e pássaros de pequeno porte. Aquelas que não possuem as cerdas urticantes são mais agressivas e venenosas, uma forma encontrada pela natureza para compensar a falta dos pelos.

As caranguejeiras são muito procuradas como animais de estimação, mas você deve possuir uma autorização para criatório em cativeiro. Para se ter animais tão exóticos, deve-se saber a forma correta de lidar no manuseio, na contenção e na captura.

Curso de Manejo de Serpentes e Animais Peçonhentos (aranhas e escorpiões)

Pessoas que praticam atividade de aventura podem, a qualquer momento, ter um encontro inesperado com diversos animais. Muitas vezes colocam sua vida em risco, a de pessoas próximas e a do animal. Conhecer os animais da nossa fauna é de suma importância para preservar ainda mais nossa diversidade de espécies. É necessário conhecer para preservar!

Nosso curso tem como objetivo ensinar e treinar como lidar com relação à animais peçonhentos, mais especificamente serpentes, aranhas e escorpiões. Será dividido em duas partes, com aula teórica e prática com animais vivos para manejo. Saiba mais clicando aqui!

No vídeo abaixo, vemos uma aranha caranguejeira em seu habitat natural, o que a torna ainda mais bonita!

 

 

 

 

Powered by Rock Convert

4 comentários em “Aranha Caranguejeira (Tarântula)

Queremos saber a sua opinião sobre o nosso conteúdo!