As Águas do Bocaina

Powered by Rock Convert

Na última semana de novembro e primeira semana de dezembro de 2017 tivemos um grande volume de chuva, até mesmo um pouco acima do esperado para época. Assim sendo, nos preparamos e fomos trilhar esperando por uma tempestade.  

Mais uma vez fomos até nossa segunda casa, a Serra do Cipó, mais precisamente no ParNa Cipó e escolhemos a Cachoeira do Gavião para o nosso destino. Seguindo as nossas expectativas e a previsão do tempo, iniciamos a trilha certos de que a chuva não demoraria muito a cair. Inesperadamente, logo nos primeiros minutos, o céu começou a abrir e o sol castigou.  

 O Vale do Bocaina

A trilha que leva até a Cachoeira do Gavião, assim como as cachoeiras das Andorinhas e Tombador, estão localizadas no Vale do Rio Bocaina, na chamada parte alta do parque. Ela se diferencia um pouco das trilhas da parte baixa do parque em alguns aspectos: não só possui um pouco mais de sombra, muitas pedras e cascalho como também mais interferência humana como casas, cercas, gado, muros de pedra e porteiras.  

Ao chegarmos ao primeiro ponto de referência da trilha chamado Bambuzal, avistamos o Rio Bocaina com um volume de água acima do normal. Enquanto continuávamos o nosso caminho, percebemos que havia água brotando de todos os lugares.

Rio Bocaina com bastante água

Apesar de chamada “parte alta”, ela não está necessariamente no topo da serra. O caminho está, em muitos pontos na verdade, na base dela e, assim, toda a água escorria para a trilha, alagando em alguns pontos e correndo em tantos outros que dificultava a nossa passagem. Caminhar com os pés encharcados é desgastante e tem vários pontos negativos. Para mantê-los secos, tínhamos que saltar, usando caminhos ao lado da trilha e fazer todo tipo de esforço extra. Isso exige mais dos músculos das pernas do que simplesmente caminhar.

Curiosamente as pedras ao longo do caminho, bem como nos córregos não estavam tão escorregadias como se esperava pelo alto nível de umidade, o que evitou torções e machucados tão comuns aos trilheiros. 

A cada passo nos surpreendíamos com a quantidade de água. Dessa maneira, não levamos muita água potável para beber. Demos prioridade ao nosso kit de filtragem e purificação de água. Nele contém: Mini Filtro Sawyer, Clor-in ou Hidrosteril e bolsa coletora de água.

Um dos muitos cursos d’água pelo caminho.
Tromba D’água

Ao aproximarmos da cachoeira, em um certo ponto da trilha, muitos entulhos e destroços bloqueavam o nosso caminho. Assustamos ao perceber que foram trazidos por uma tromba d’água (cabeça d’água) recente, do Rio Bocaina. Surpreendentemente, este trecho, além de distante do rio, também estava em um ponto mais elevado. Isso significa que, para o nível da água chegar ali, a força e volume da água foi, sem dúvida, colossal. Veja o vídeo aqui! 

Destroços de uma tromba d'água
Entulhos trazidos por uma cabeça d’água próximo ao Rio Bocaina.

Sempre enfatizamos a importância de se ter extremo cuidado em períodos chuvosos. Variações repentinas no nível ou velocidade da água, turbidez, grande quantidade de resíduos como galhos e folhas podem ser indicadores de perigo e um simples passeio pode se transformar em um situação de risco real. Se você não tem experiência, ande sempre com guias pois além do caminho, indicarão também qual a melhor atitude diante das situações. Saiba ainda mais sobre a tromba d’água e como identificar a aproximação de uma clicando aqui!

Ao chegar à Cachoeira do Gavião ficamos impressionados com o volume dela. Nunca a vimos com tanta água! Estava lindíssima! O sol estava forte durante todo o caminho e foi bom hidratar ainda mais e se alimentar. Enquanto isso, descansávamos e nos preparávamos para a volta. 

Fim da aventura

Após curtir bastante os momentos e o local, iniciamos o caminho de volta com muito sol e calor incessante. Aventuras são assim: muitas vezes imprevisíveis, mas sempre divertidas! Por isso é importante estar sempre preparado para todas as situações e adversidades e manter sempre o espírito de aventura! 

Rei, Pri e Bocaina ao fundo

Queremos saber a sua opinião sobre o nosso conteúdo!