7 Dicas de segurança para atividades outdoor

Powered by Rock Convert

Nos últimos tempos, o número de pessoas que buscam por atividades outdoor tem tido um grande aumento. Com isso, infelizmente, também tem aumentado o número de incidentes nestes locais. Muitas pessoas se esquecem que o ideal seria estar preparado sempre para qualquer adversidade, mesmo que em uma pequena trilha.

Muitas vezes acidentes são inevitáveis mas com algumas dicas básicas de segurança já podemos evitar situações de risco e termos segurança nas atividades outdoor.

 

1- Nunca esteja sozinho

Acontecimentos lastimáveis como o caso do francês Eric Walterlin que perdeu a vida ao sair para um treino no Pico dos Marins conseguem reforçar ainda mais o fato de não estarmos nunca sozinhos. Por mais que a vontade de estarmos sozinhos em alguns momentos seja tentador, sair para trilhar sozinho, nunca é uma boa pedida. Quando se está sozinho, qualquer situação de emergência, principalmente em ambientes inóspitos, te deixará em apuros. O ideal seria realizar a trilha com o mínimo de 3 pessoas. Assim, se alguém se ferir ou passar mal, uma das pessoas poderá ficar com você lhe dando assistência enquanto a outra busca por ajuda. Então, sempre que quiser trilhar, programe-se e chame seus amigos para ir curtir uma aventura junto com você.

 

2- Avise sempre parentes e amigos o local que você irá

É de grande importância que outras pessoas além de você saiba onde irá. Sempre passe informações concretas, a quantidade de dias exatos que irá ficar, com quem vai e o que está indo fazer. Isso lhe ajudará bastante em caso de se perder ou ter problemas e as pessoas avisadas poderão pedir socorro.

 

3- Em hipótese alguma mude o seu trajeto e o seu destino sem prévia comunicação

Não adianta nada deixar avisado para todos onde vai se você mudar todo o seu planejamento de rota. Preste muita atenção na área que você for pois, se necessitar mudar de rota e não tiver uma conexão de celular durante todo o restante do trajeto, a comunicação de mudança de planos não irá existir.

 

4- Tenha sempre aparelhos e tecnologias que possam ajudar a encontrar o caminho e se comunicar

A tecnologia está cada vez mais avançada e nos ajudando diariamente em vários quesitos. Nas trilhas não é diferente. O uso de aparelhos como GPS e rastreadores via satélite com opção de chamada de socorro é indispensável para trilheiros. O celular também é importante pois com ele você tem a possibilidade de se comunicar  em caso de necessidade. Para isso tem que contar com a sorte da operadora telefonica oferecer cobertura no local em que estiver. Ter sempre uma bateria extra carregada e um carregador portátil (power bank) é de suma importância. Quando o celular procura por rede ele tende a consumir mais bateria, logo uma única bateria pode não durar muito tempo em locais sem cobertura ou com sinal fraco.

A velha bússola e a carta topográfica também são muito interessantes em caso de algum problema com as tecnologias citadas anteriormente. Lembrando que, de nada adianta ter todos estes em mãos e não saber utilizá-los. Entenda e saiba aplicar na prática, do contrário, você pode se complicar ainda mais caso esteja perdido.

 

Foto por Jean Taques

 

5- Estude primeiramente todo o trajeto

Um das primeiras coisas que se deve fazer quando for realizar uma trip é pesquisar e analisar muito bem o trajeto. Muitas pessoas se perdem por não se programarem e estudarem quanto ao lugar que irá estar. Reúna todos os meios como mapas, cartas topográficas, gps, dicas de quem já realizou o trajeto e as analise bem antes de sair para curtir sua viagem. Muitos se perdem por desconhecer bem as variações do lugar. Fique sempre atento em todas as informações para evitar problemas.

 

6- Avalie as condições climáticas previstas para a data

Por mais que as condições do tempo possam mudar de uma hora para outra é importante analisá-la previamente para se programar bem. Consulte diferentes meios de previsão de tempo para aumentar as chances de acertar as condições climáticas para o local e data onde irá se aventurar. Veja as dicas para acampar em períodos chuvosos.

 

7- Esteja sempre preparado para as adversidades

Muitos acham uma grande besteira saber sobre técnicas de sobrevivência pois tem em mente que nunca irão precisar saber. Saber fazer fogo, construir abrigos, obter alimento e, principalmente, água segura para beber pode significar a diferença entre a vida e a morte.

Mesmo que faça sol, leve capa de chuva de reserva. Ficar molhado em trilhas pode levar você à hipotermia. Saiba o que é hipotermia, seus sintomas e tratamento. Tenha sempre um kit para fazer fogo e purificar água e leve alimentos extra. Nós já passamos por diversas situações onde estar preparado fez toda a diferença para nós, para quem estava conosco e até mesmo para desconhecidos que encontramos pelo caminho e socorremos. Confira o checklist para hiking e trekking

 

Seguindo essas dicas, dá para se ter segurança na hora de trilhar sem ter que passar por grandes apuros.

 

 

Foto por: Jean Taques

Queremos saber a sua opinião sobre o nosso conteúdo!